A contribuição dos Tesauros à Web Semântica

Em 2017, a InnovaGestão concluiu a revisão e atualização do Tesauro da Justiça Militar da União (TesJMU), desenvolvido para o Superior Tribunal Militar, e deu início à revisão e atualização do Vocabulário Controlado do Sebrae (VCS). A construção de tesauros para facilitar a recuperação de informação em portais institucionais ou o desenvolvimento de taxonomias para…

Leia Mais

Qual o papel do bibliotecário no futuro – as bibliotecas, como as conhecemos, sobreviverão às transformações digitais?

Os computadores, a automação e a internet mudaram substancialmente a forma de se obter informação e, por consequência, o papel do bibliotecário na intermediação entre os potenciais usuários das bibliotecas do século XXI e o conhecimento. As exitosas políticas de acesso aberto ao conhecimento, iniciadas em 1999(1), contribuíram sobremaneira para a democratização do acesso à…

Leia Mais

Atividade de consultoria em Gestão da Informação e do Conhecimento

Fui convidada pela professora Daniela Spudeit, do Departamento de Biblioteconomia da UDESC, a integrar um painel no Fórum de Inovação e Empreendedorismo na Biblioteconomia – FIEB, a realizar-se em São Paulo No dia 27 de agosto 2016, que tem como tema: “Ações inovadoras nos múltiplos campos de atuação profissional”. O evento foi “idealizado por e…

Leia Mais

Poder Público é obrigado a adotar processo administrativo eletrônico

Por meio do Decreto 8.539, de 8 de outubro de 2015, o governo federal tornou obrigatória a tramitação eletrônica de documentos nos órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Os órgãos mencionados terão até o próximo dia 8 de abril de 2016 para apresentar um cronograma de implementação da tramitação exclusivamente…

Leia Mais

Nova política de governança digital deve reverter a exclusão digital

Por Neide De Sordi Foi publicado, em 18 de janeiro de 2016, o Decreto 8.638, de 15 de janeiro de 2016, que instituiu a Política de Governança Digital no âmbito dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. A mencionada Política tem por finalidade “gerar benefícios para a sociedade mediante o uso…

Leia Mais

Judiciário ainda precisa evoluir na questão do acesso à informação

Por Neide de Sordi Finalmente, o direito de acesso à informação, previsto na Declaração Universal de Direitos Humanos e na Constituição Federal, regulamentado há quatro anos pela Lei de Acesso a Informação, Lei 12.527, de 18 de novembro de 2011, também foi regulamentado no Judiciário brasileiro pelo Conselho Nacional de Justiça, em sua sessão ordinária…

Leia Mais

O impacto do acesso à informação e às bibliotecas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

A Confederação de Repositórios de Acesso Aberto (COAR), a Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA) e a Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO) criaram a Comunidade de Prática (CoP) – [sdgs-impact-access-information-societies]. Neste mês de setembro (de 7 a 18), tais associações promoverão o e.Forum – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável:…

Leia Mais

ATÉ QUANDO OS BIBLIOTECÁRIOS TERÃO EMPREGOS?

No mês em que se completaram 50 anos da regulamentação da profissão de Bibliotecário, os blogs especializados travaram um debate de altíssimo nível sobre o futuro da profissão. A questão foi levantada por Gustavo Henn, em 10 de agosto, no blog “Bibliotecários sem Fronteiras”, com o post “O futuro da biblioteconomia[1]”, em que indaga: “o…

Leia Mais

O novo Código de Processo Civil, o acesso à Jurisprudência e o PJe

Diversas são as polêmicas envolvendo o novo Código de Processo Civil, uma delas refere-se ao § 1º do art. 489, sobre a fundamentação das decisões, que recebeu sanção presidencial, mas continua a provocar discussões entre magistrados e advogados. A fundamentação das decisões é uma exigência constitucional (art. n. 93, IX, da CF). O dispositivo do…

Leia Mais

QUAIS SÃO ESSES PROFISSIONAIS QUE IRÃO SUBSTITUIR BIBLIOTECÁRIOS E ARQUIVISTAS?

No artigo “O profissional para a Informação[i]”, publicado na Revista Information Management n. 47, o consultor Walter W. Koch aborda o perfil do profissional necessário para a gestão da informação e o papel da universidade na formação desse profissional. O autor menciona que falta às universidades uma diretriz para a complementação da formação dos profissionais…

Leia Mais

A Gestão Documental e a Política de Gestão Socioambiental do Judiciário

Em três de março, o Conselho Nacional de Justiça publicou a Resolução n. 201, que determina a criação, nos órgãos e conselhos do Judiciário, de unidades ou núcleos socioambientais. Com foco na preservação do meio ambiente, a norma, bastante abrangente, em seu art. 5º, estabelece que as unidades a serem criadas deverão estimular a reflexão…

Leia Mais

ÍNDICE DE DESEMPENHO DA JUSTIÇA (IDJUS) – INSTRUMENTO DE MENSURAÇÃO DE RESULTADOS NO JUDICIÁRIO

O Instituto Brasiliense de Direito Público lançou a 4ª Edição do Índice de Desempenho da Justiça (IDJus) http://cpjus.idp.edu.br/idjus/, índice sintético desenvolvido para medir o grau de desempenho da Justiça, visando contribuir para o aprimoramento das instituições Judiciárias.  O IDJus é elaborado a partir de dados oficiais do “Justiça em Números” e do Relatório de Portes…

Leia Mais

Questões relevantes para o Planejamento de Repositórios Institucionais

Cada vez mais, as organizações adotam os repositórios institucionais como plataforma para o registro e o acesso aberto ao conhecimento gerado pelos seus colaboradores no exercício da sua missão. Os repositórios institucionais reúnem todos os tipos de documentos publicados em meio digital. Eles maximizam a disseminação das informações, tornando-as disponíveis e amplamente acessíveis. No entanto,…

Leia Mais

Administração Pública – Inovação e Mudanças

Uma inovação irá revolucionar as práticas de gestão e os processos de trabalho da Administração Pública, com reflexo na profissionalização do servidor e na exigência de profissionais qualificados e flexíveis, que se adaptam às mudanças e possam gerar aumento de produtividade. Essa inovação foi denominada de SEI. O SEI – Sistema Eletrônico de Informações faz…

Leia Mais

A questão da guarda e da conservação de autos findos

A Associação Nacional dos Professores Universitários de História – ANPUH, em 21 de fevereiro, em matéria publicada em seu site intitulada “A destruição continua: a eliminação dos acervos judiciais sob o argumento da preservação, uma falácia” afirma que nenhum processo judicial deve ser eliminado e que as Recomendações ns. 46 e 37, do Conselho Nacional…

Leia Mais

Como combater a corrupção?

Entrou em vigor, em 29 de janeiro, a Lei n. 12.846, de agosto de 2013, que estabelece responsabilização objetiva para empresas, fundações e associações, nas esferas civil e administrativa, sempre que a ação de um empregado ou representante corromper agentes públicos, fraudar licitações, causar prejuízos ao patrimônio público, infringir princípios da administração pública ou compromissos…

Leia Mais

Por que fazer Gestão do Conhecimento nas instituições da Justiça?

“A atividade judiciária baseia-se no conhecimento e exige o acesso à informação e também a capacidade de usar esse conhecimento para agir ou inovar na emissão de juízos. Assim, a gestão do conhecimento judicial contribui para a modernização da Justiça, para estabelecer métodos de trabalho mais eficientes no exercício da função judicial” [1]. A citação…

Leia Mais

Modelos de Requisitos para a melhoria dos sistemas de Informação Jurídica

O Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão da Informação Jurídica (SILEX), desenvolvido pelo Comitê Gestor do Portal LexML, foi lançado para consulta pública dia 13 de agosto, que  estará aberta até o dia 14 de outubro de 2013. A participação pode ser feita pelo site, de forma colaborativa, ou por email, seguindo as…

Leia Mais

Gestão do Conhecimento – Como fazer?

Qual o melhor caminho para a implantação de um Programa de Gestão do Conhecimento nas organizações. Essa é uma dúvida recorrente, que já foi objeto de artigos, livros, posts e cursos. Recebi essa consulta por e.mail, transcrito a seguir, cuja resposta compartilho neste post. Acredito que o grau de maturidade da minha instituição seja adequado…

Leia Mais

A Gestão Documental no 2º Plano de Ação Brasileiro da Parceria para Governo Aberto (OGP)

No dia 7 de maio, a CGU divulgou o 2º Plano de Ação Brasileiro da Parceria para Governo Aberto (OGP), elaborado para intensificar as ações com vistas a criar um governo mais transparente, acessível e democrático. A Parceria para Governo Aberto (OGP) é uma iniciativa multilateral internacional, atualmente contando com a participação de 58 países,…

Leia Mais

Avaliação da Lei de Acesso à Informação: um ano depois

Em 18 de maio, a Lei n. 12.527/2011 – Lei de Acesso à Informação (LAI) – completará um ano de vigência. Ela representa um avanço para a transparência das ações governamentais, efetivação dos direitos e ampliação do controle social no processo de tornar a gestão pública mais transparente. Embora o direito ao acesso à Informação…

Leia Mais

Dados Abertos e Acesso Aberto – A universalização do conhecimento (1)

O acesso à educação, à cultura e ao conhecimento, cada vez mais, é priorizado na agenda dos órgãos governamentais, universidades e instituições de pesquisas. A crescente conscientização da função social do conhecimento, a ampliação da participação social e o aumento dos recursos para o acesso à informação têm causado uma verdadeira revolução, denominada “movimento pela…

Leia Mais

Gestão do Conhecimento e Governo Aberto

Em nossa sociedade, o conhecimento é considerado um dos mais importantes recursos das organizações. Não se questiona a contribuição da Gestão do Conhecimento ao desenvolvimento das organizações e dos indivíduos.  A gestão do conhecimento é ferramenta auxiliar para que o grande conjunto de informação acumulada nas instituições públicas possa ser transmitido, disponibilizado e utilizado pela…

Leia Mais

Digitalização de processos judiciais em tramitação e a curadoria digital

Desde a promulgação da Lei n. 11.419, em dezembro de 2006, alterando o Código de Processo Civil e autorizando a informatização do processo judicial, os tribunais brasileiros iniciaram a corrida para a transformação dos sistemas processuais referenciais – que incluem apenas os metadados do documento e remetem aos processos em papel – para os denominados…

Leia Mais

Tabelas Processuais Unificadas do Judiciário – Um pouco de história

Em 2001, na Seção Judiciária de Santa Catarina, ocorreu a reunião da Comissão Técnica Interdisciplinar para Gestão de Documentos da Justiça Federal (CT-GeD) apresentou aos secretários judiciários dos cinco tribunais regionais federais (TRFs) e a alguns juízes convidados a primeira versão da Tabela Única de Assuntos Processuais da Justiça Federal (TUA), embrião da futura Tabela…

Leia Mais

Por que se preocupar com a preservação da informação digital?

No dia 20 de fevereiro, será aberto o pregão eletrônico n. 1/2013, relativo ao registro de preços para serviços de recuperação de dados de quatro unidades de discos rígidos pertencentes ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) do Ministério da Cultura, danificados por oscilações de corrente elétrica ocorridas no edifício Central Brasília, sua…

Leia Mais

Os repositórios institucionais e as políticas de livre acesso ao conhecimento

Matéria da Folha de São Paulo relata a criação do repositório institucional da USP, denominado Biblioteca Digital da Produção Intelectual (BDPI), (www.producao.usp.br) e ainda a publicação da Resolução n. 6.444, do reitor João Grandino Rodas, que estabelece diretrizes para a coleta, tratamento e preservação da produção intelectual das Unidades da USP e respectivos programas de pós-graduação, bem como sua disseminação e acessibilidade para a comunidade.

Leia Mais