PÚBLICO-ALVO
Bibliotecários, arquivistas, museólogos e outros profissionais que atuam em unidades de informação ou são custodiadores de acervos documentais.

DATA DE REALIZAÇÃO

06 e 07 de dezembro de 2018

CARGA HORÁRIA
12 horas

HORÁRIO
13:00 às 19:00

LOCAL

Associação dos Bibliotecários do DF

APRESENTAÇÃO

As unidades de informação são custodiadoras de acervos bibliográficos, arquivísticos e museológicos de valores inestimáveis para as suas instituições e para a sociedade.  Nos últimos anos, presenciamos a importância da Gestão de Riscos, em razão das várias tragédias ocorridas em unidades de Informação no Brasil:  Museu Nacional (2018), Cinemateca Brasileira (2016), Museu da Língua Portuguesa (2015), Centro Cultural Liceu de Artes e Ofícios (2014), Memorial da América Latina (2013), Instituto Butantan (2010), para citar apenas as ocorridas nesta década. Esses fatos indicam que, efetivamente, não existem planos de gestão de riscos para a maioria dessas unidades, que as ações normalmente empregadas visando a proteção dos acervos (higienização, dedetização, revisão do ar condicionado, prevenção de goteiras) não são suficientes.

O curso visa contribuir para ampliar o gerenciamento de riscos nessas unidades com o propósito de intervir preventivamente com relação às ações que possam causar danos ao patrimônio.

 

OBJETIVOS

Geral: Possibilitar aos participantes o reconhecimento de que as práticas de gestão de riscos podem auxiliar na integridade dos acervos sob sua custódia e aplicadas em suas respectivas instituições.

Específico: Ao final da ação educacional os participantes deverão ter noções básicas de como identificar, analisar, avaliar e tratar os principais riscos associados às unidades de informação como arquivos, bibliotecas e museus.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO     

  1. Unidades de informação: características e importância
  2. Conceitos e fundamentos da gestão de riscos;
  3. Processo de gestão de riscos (identificação, análise, avaliação, tratamento, monitoramento e comunicação de riscos);
  4. Sintaxe de riscos
  5. Matriz de impacto x probabilidade
  6. Técnicas para avaliação de riscos
  7. Normas e modelos aplicáveis;
  8. Ferramentas para identificar, analisar, avaliar e tratar riscos
  9. Matriz de responsabilidades, instâncias de governança e gestão
  10. Monitoramento e análise crítica
  11. Comunicação com partes interessadas
  12. Controles para tratamento de riscos
  13. Erros comuns em gestão de riscos
  14. Elaboração e utilização plano de riscos

 

PROFESSOR

Wilmar Barros de Castro – Analista Judiciário do Superior Tribunal de Justiça onde atua como Coordenador do Escritório Corporativo de Riscos e foi responsável pela implantação do projeto de “Gestão de Riscos”. Participou ativamente da normatização de riscos e de governança no STJ.

Atualmente está lotado na Assessoria de Modernização e Gestão Estratégica (AMG), e já contribuiu como Assessor na Secretaria de Gestão de Pessoas e como Chefe de Seção, Coordenador e Secretário da Secretaria de Documentação do Tribunal. Possui Graduação em Arquivologia pela Universidade de Brasília (UnB) e pós-graduação em Gestão do Conhecimento, da Informação e Documentação pela Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES) e vários cursos na área de GRC.

 

METODOLOGIA

Aulas expositivas, com projeção de slides, os quais serão disponibilizados para download.

 

MATERIAL DIDÁTICO E CERTIFICADOS
Serão fornecidos aos alunos em meio digital.